A LOGÍSTICA NA DESTINAÇÃO DO LODO DE ESGOTO

Lucia Camilo de Godoy

Resumo


Este artigo aborda as possíveis formas de reuso e destinação final do lodo resultante do processo de tratamento esgoto com enfoque logístico. Estudos alertam para a problemática do lodo tendo em vista a crescente demanda de área para disposição final adequada. Atualmente, a região das bacias PCJ (Bacias dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí) produz em média 32 mil toneladas mensais, estima-se que em 2020 a produção atinja três mil toneladas diárias, o triplo do que hoje sai das estações. Busca-se, portanto, soluções para destinação final e reciclagem do lodo de esgoto, transformando-o de rejeito a matéria-prima com valor agregado. Trata-se de pesquisa bibliográfica e documental, que visa aprofundar o conhecimento teórico para possível implantação prática. A análise se aplica tanto a logística reversa quanto a logística verde, área que busca refrear o aumento abusivo da geração de resíduos que prejudicam o meio ambiente e incentiva as ações de reaproveitamento.


Texto completo:

PDF HTML

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Diretórios:

Google Acadêmico
Google Acadêmico: http://scholar.google.com.br
Sistema de pesquisa do Google que permite pesquisar em trabalhos acadêmicos, literatura escolar, jornais de universidades e artigos variados.

Capes Periódicos
Capes Periódicos: http://www.periodicos.capes.gov.br
O portal de Periódicos da Capes é uma biblioteca virtual que reúne e disponibiliza a instituições de ensino e pesquisa no Brasil o melhor da produção científica internacional. Coordenação de Pessoal de Nível Superior - Ministério da Educação - Brasil

Latindex
LATINDEX: https://www.latindex.org/
Sistema de informação sobre as revistas de investigação científica, técnica, profissional, de divulgação científica e cultural, editadas nos países da América Latina, Caribe, Espanha e Portugal. Universidad Nacional Autónoma de México - México

Diadorim
DIADORIM: http://diadorim.ibict.br
Diretório de Políticas de Acesso Aberto das Revistas Científicas Brasileiras. Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia - Ministério da Ciência e Tecnologia - Brasil